Palavra do Bispo


Carta de Dom Paulo Sérgio à Diocese de São Carlos-SP

 

Ituiutaba, 22 de novembro de 2006.

 

Revmo. Sr. Cônego Francisco Carlos da Silva.
Administrador Diocesano de São Carlos.
Caríssimos Presbíteros, Diáconos, Religiosos(as).

Seminaristas, leigos e leigas, diocesanos de São Carlos.

 

     Tenho a tarefa de comunicar oficialmente a vontade do Santo Padre Bento XVI que, com a sua bondade e na sua autoridade, acaba de me nomear Bispo de São Carlos. A esta vontade, depois de uma profunda reflexão e de uma confiante oração, eu disse o sim da obediência, com o único desejo de cumprir, apesar de minhas limitações, os desígnios de Deus. Ao Santo Padre, exprimo junto com a obediência, todo o meu afeto a minha devoção filial.

     A iluminar e a sustentar a minha obediência está a fé: esta de fato, me faz reconhecer no Papa a autoridade que lhe advém de ser o “sucessor de Pedro” e na expressão de Santo Ambrosio, “O Vigário do amor de Cristo”.
     Nesta fé encontram espaço tantos sentimentos, a um tempo eminentemente espirituais e profundamente humanos. Destes, desejo manifestar, em particular, três: em primeiro lugar a minha profunda tristeza em deixar Ituiutaba, minha primeira diocese. Posso sinceramente confessar ter colocado todo o meu empenho no pastoreio do rebanho a mim confiado e tê-lo continuado nestes dezessete anos de episcopado, com um amor crescente, com o meu progressivo conhecimento da história, das pessoas, de tantas coisas belas, juntamente com os problemas, velhos e novos, da diocese e da cidade.

     Em segundo lugar, um sentimento de grande temor, seja pelo peso que o Santo Padre quis colocar sobre meus ombros, seja pela pequenez e pela minha indignidade diante dos incontáveis desafios no apascentar quotidianamente uma diocese tão populosa e tão importante para a Igreja.

     Daí nasce o terceiro sentimento que é o de confiança. Confiança na Providência Divina que nos assegura que e o pastoreio e o caminho da Igreja repousam sobre a inquestionável presença de Cristo ressuscitado e do seu Espírito. Com um coração humilde confio-me à bondade misericordiosa de Deus que não pode abandonar aquele que Ele chama para o seu serviço. Confio também na disponibilidade de coração de cada um de meus diocesanos, de modo especial dos presbíteros, diáconos, religiosos e religiosas, com quem repartirei a responsabilidade do pastoreio. Confio-me à oração de todos e que Deus nos dê sabedoria para desempenhar esta nova missão.

     A Igreja de Cristo, à Igreja que está em São Carlos, com a graça do chamado e com a confiança em mim depositada pelo Santo Padre Bento XVI, sinto poder expressar todo meu amor a este povo com quem ainda não encontrei, mas que já faz parte da minha história e, conseqüentemente já está no meu coração.

     A todos agora me dirijo, homens e mulheres, crianças, jovens e adultos que o Senhor colocará no meu caminho, a começar do pequeno, do pobre, do doente, do sofredor, daquele que é discriminado e excluído, daquele que é desrespeitado em seus direitos. Não me cansarei de repetir que “os direitos dos pequenos não são os direitos pequenos” e de conclamar a todos, autoridades e cidadãos, à justiça, á honestidade, à solidariedade e ao amor. Aliás, esse foi o lema que escolhi para acompanhar o meu serviço episcopal: “Opus solidarietatis pax” (A paz é fruto da solidariedade). Agrada-me e inspira-me a Palavra de Javé, descrita no capítulo 34, versículo 16 do Profeta Ezequiel: “Buscarei a ovelha que estiver perdida, reconduzirei a que estiver desgarrada, curarei a que estiver doente e restaurarei a que estiver abatida. Quanto a ovelha gorda e sadia, guarda-la-ei e apascenta-la-ei com o direito.”

     Invoco a ajuda, nesta passagem da Diocese de Ituiutaba para a Diocese de São Carlos, a intercessão de São José e de São Carlos Borromeu. E agora, sobre todos e sobre cada um, desejo invocar a bênção do Senhor. Permanecendo unidos numa recíproca oração, aguardamos o encontro que marcará a nossa posse e o início do nosso ministério na nova seara que o Papa nos confia.

 

Fraternalmente,

 

Dom Paulo Sérgio Machado

Bispo eleito de São Carlos-SP e Administrador Apostólico de Ituiutaba-MG

 

Próxima »