Mensagens e Depoimentos - Padres


Padre Amador Romão

     Cumprimentamos o povo cristão do Jardim Paraíso pela data comemorativa dos 10 anos de criação da Paróquia São Sebastião. A criação de uma comunidade paroquial no bairro é uma benção de Deus. É Jesus que vem morar sacramentalmente na igreja matriz, presente na Eucaristia. Faz dez anos que Jesus acolhe os pedidos, as orações do bom povo do Jardim Paraíso. É uma honra e uma alegria muito grande conviver com Jesus no centro da comunidade.

Parabéns pelos dez anos! Um abraço!

Matão, 17 de setembro de 2010

 


Padre José Luiz Ferrari

     Quando em 1986 cheguei em Matão para preparar a Comunidade da Vila Santa Cruz para se tornar Paróquia de Santa Cruz, o Bairro Jardim Paraíso era pequeno, quatro ruas, poucas casas dispersas, umas cinquenta famílias.

     A comunidade já possuía dois terrenos de frente para a praça, onde está a Igreja de São Sebastião. Terreno este dado pela família Bessi. O Padre Amador comprou outros dois terrenos que faziam fundos, onde hoje é a Casa Paroquial.

     As celebrações da Eucaristia eram realizadas nas casas.

     Olhando de frente da igreja, a direita, no fundo, com o tempo, foi construído o barracão: seis pés direitos, coberto com zinco, aberto dos lados e os bancos eram tábuas de dois metros.

     As famílias passaram a se encontrar para as celebrações eucarísticas. As novenas, terços, encontros continuaram nas casas.

     O tempo foi passando, novas famílias foram chegando ao bairro, novas necessidades surgindo e houve a necessidade de construir um barracão maior. O terreno era totalmente irregular. Havia uma depressão muito grande.

     Foi construído na frente um barracão grande coberto de zinco, fechado com folhas de zinco e bambu. Aí, por mais de cinco anos, serviu como Igreja do Bairro do Jardim Paraíso, onde a comunidade se reunia para os atos religiosos e festivos.

     Nascendo no coração do Padre Ferrari e das pessoas que estavam à frente da Comunidade a necessidade de se construir a igreja de São Sebastião. Foi desmanchado o barracão e construído outro onde hoje é a praça. Deu-se início à construção da igreja de São Sebastião.

     A comunidade passou a se organizar para ter fundos para a construção. Foi uma luta difícil, desafiante e ao mesmo tempo gostosa e gratificante de se ver as pessoas trabalhando, se organizando. Quantas festas foram feitas. Povo simples, humilde. Povo de Deus.

     O Jardim Paraíso era um bairro dormitório de Matão. Havia união, entusiasmo, desejo. Todos estavam juntos. Era bonito de ver crianças, jovens, mulheres, homens, pessoas de idade carregando tijolos, fazendo massa, concreto. Quando havia mutirão no domingo, as mulheres se organizavam e faziam aquela macarronada. Que delícia! Assim surgiu a Igreja de São Sebastião.

     Com a expansão do bairro, outros loteamentos como Jardim Paraíso II, Jardim Imperador, Nova Cidade, a construção do SESI, houve-se por bem criar a Paróquia de São Sebastião, desmembrando-a da Paróquia de Santa Cruz.

     Recordo com muito carinho (sem citar nomes) as pessoas que estiveram comigo. Todas essas pessoas, fatos, acontecimentos coloco no coração do Pai. Foi uma luta gratificante.

     Celebrando os dez anos da Paróquia de São Sebastião, peço ao Pai Eterno, ao Pastor desta paróquia, o Padre Zezinho, bem como a todo povo de Deus que está sob a proteção do Patrono São Sebastião, bênçãos, graças que sejam derramadas e sob o manto maternal da Virgem Santíssima sejam guardados agora e sempre. Amém.

     Como diz o Salmo 126, Deus transforma o sofrimento em alegrias, quando agem com retidão de coração. "Se o Senhor não construir a casa, em vão trabalham os que a constroem; se o Senhor não guarda a cidade, em vão vigiam os sentinelas."

Pe. José Luiz Ferrari