História da Paróquia


     O Bairro Jardim Paraíso foi formado em 1979, principalmente pelos moradores do Toriba, vila formada pelos trabalhadores da fábrica de óleo Cambuhy. Com o loteamento da fazenda de propriedade da família Bessi.
     Em 1982, ainda com poucos moradores no bairro, foi percebida a necessidade de iniciar um trabalho de evangelização, assim o Padre Amador, pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus, começou a celebrar missas uma vez por mês nas poucas casas do Jardim Paraíso e do Toriba. Em uma destas Missas celebrada pelo Padre Amador na capelinha da família Bessi, havia uma pequena imagem de São Sebastião no lugar mais alto do altar, então foi sugerido e aprovado ele como padroeiro da comunidade, depois disso o Sr. Antonio Magnani doou a primeira imagem de São Sebastião para a comunidade, trazida da cidade de Aparecida-SP.

     Neste meio tempo foi feito um barracão aberto somente com cobertura, no terreno onde hoje é a casa paroquial, onde o Padre Amador passou a rezar as missas, isso aconteceu até 1984, quando foi criada a Paróquia Santa Cruz, e a Comunidade São Sebastião passou a pertencer a esta paróquia. Então foi formada uma equipe de ministros da Eucaristia: Antenor, João Pedro e Zé Guariba, para iniciar um trabalho no bairro.

 

     Neste período a comunidade começou a crescer e a se tornar mais ativa, Foi então construído um outro barracão, onde hoje é a igreja, esta já com as laterais cercadas, e um pouco mais acolhedor. Nesta época a comunidade já contava com equipe de canto, leitores e Pastoral do Dízimo. Continuava também com a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Círculos Bíblicos, Grupo de Jovens, além das Celebrações Eucarísticas todos os domingos às 10:00h.

     No final dos anos 80, com o incentivo do Padre Ferrari começou a construção da Igreja Matriz de São Sebastião, foram tiradas várias fotos do barracão de bambu, onde hoje é a igreja, e foi enviada para uma entidade na Alemanha, que enviou uma certa quantia em dinheiro, para iniciar as obras. Novamente o barracão de bambu foi mudado para onde hoje é a praça da matriz, lugar este um pouco menor, mas também bastante acolhedor. Neste tempo a comunidade era muito fervorosa, e não faltavam pessoas para ajudar nos diversos trabalhos e principalmente para ajudar na construção da igreja.

     Em meados de 1990, mais precisamente no ano de 1994, foi celebrada a primeira missa na Igreja de São Sebastião pelo Padre Ferrari. Durante toda a existência de nossa comunidade, tivemos o privilégio de contar com vários seminaristas que passaram por aqui e deixaram alguma coisa em nossa paróquia: Borim, Márcio, Lourival, Valter, + Mário, Toninho e Alexandre. Todos eles também fazem parte da história de nossa paróquia.

     Em 1995, um outro fato marcante para a vida da comunidade, foi a passagem das missões, pois ela deu um novo ânimo para o Bairro.

     Foram tantas as pessoas que colaboraram na construção de nossa igreja, que se fossemos citar nomes poderíamos cometer injustiça, mas a todos fica o agradecimento e a certeza de que construímos juntos a nossa paróquia, e como dizia um padre que passou por aqui: "Nós como seres humanos não temos como recompensá-los, mas Deus fará isso".

Continua...